Homossexualismo no contexto bíblico

Nestes últimos tempos se vê cada vez se cumprindo a palavra de Deus também no sentido de que as pessoas amontoariam para si doutores segundo as suas próprias concupiscências (II Timóteo 4:3).

Neste rumo está a “doutrina” (ensinamento) que diz que o homossexualismo não é pecado.

A palavra de Deus, porém, é clara no sentido de que Deus criou o homem e a mulher, e mandou que se multiplicassem e enchessem a terra (Gênesis 1: 27 e 28).

No entanto, de há muito tempo se vê que satanás fez com que algumas pessoas se desviassem da verdade para praticarem atos que desagradam a Deus, e assim percam a salvação que foi dada gratuitamente.

Já nos tempos cristãos se vê pelo Novo Testamento que devido à idolatria, as mulheres mudaram o uso natural para aquele que é contrário à natureza, e semelhantemente os varões, deixaram o uso natural da mulher e se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa pelo seu erro (Romanos 1: 23 ao 27).

Deus não permite que o homem seja enganado, mas lhe dá o livre arbítrio para que faça o que quiser, sendo que a vontade divina é que todos venham ao arrependimento e sejam salvos (I Timóteo 2: 3 e 4).

Por isso a Palavra de Deus é bastante clara e não admite interpretações errôneas, fazendo com que aqueles que se enveredam por caminhos diferentes do que ensinou o Senhor Jesus não tenham nenhuma desculpa que os socorra ou justifique.

Por isso Deus deixou registrado em I Coríntios 6: 10: Não erreis; nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.”

Aqui se vê bem claro que os efeminados e sodomitas não herdarão o reino de Deus, portanto, o homem que age como mulher, ou usa de outro homem, estão enquadrados na relação daqueles que não serão salvos.

Assim como o homem que se entrega a tais pecados, a mulher que pratica atos contrários à sua natureza feminina também estará fora da salvação, conforme claramente se vê da carta aos Romanos – e aqui nesta aos Coríntios, ambas exortando para que não se pratique coisas erradas para que não percamos a salvação.

Veja ainda em Gálatas 5: 19 ao 21 (obras da carne), onde estão elencadas as atitudes que desagradam a Deus e levam as pessoas à perdição. E também em Efésios 5: 1 a 8 onde está recomendado para que não só fujamos do pecado, mas sejamos imitadores de Deus. Note que ali até os gracejos indecentes – “chocarrices” – são condenados; portanto, com maior vigor e razão é condenado o homossexualismo.

De onde então se retirou esta doutrina de que os homossexuais herdarão a vida eterna com Cristo? Evidentemente isto nada mais é do que uma trama do maligno para tentar perverter a Palavra de Deus e enganar os incautos. Por isso é sempre necessário conferir nas Sagradas Escrituras todo o ensinamento que nos é passado, para que não venhamos a incorrer em erro por nossa negligência ou por confiar nas pessoas.

Confiemos somente em Jesus Cristo, autor e consumador de nossa fé, e na sua santa e bendita Palavra que nos conduz à vida eterna. Amém.

Que Deus te ilumine e faça desviar de ti todo o mal, e o quanto estiver em cada um de nós procuremos firmemente servir a Deus para nossa própria salvação em Cristo Jesus. Maranata. Ora, vem Senhor Jesus.

Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor (Hebreus 12: 14).

Pr. Eugenio Carpigiani Neto