O que Cremos

Cremos que existe salvação somente quando aceitamos o sacrifício de Jesus Cristo (João 5: 39 ao 43), o qual derramou seu sangue para remissão de nossos pecados (Mateus 26: 28), e por isto, com esta aceitação, nos tornamos um novo ser (Efésios 2: 15), o qual não vive mais somente no corpo físico fazendo as vontades da carne, mas passamos a viver principalmente em espírito (Gálatas 5: 16), buscando a cada dia fazer a vontade de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador, com quem iremos morar eternamente (João 14: 3).

Cada pessoa que aceita o sacrifício de Jesus Cristo deve ser batizada nas águas (João 3: 3) e receber o nome do Pai, ou seja, Jesus (Atos 2: 38), conforme você poderá melhor se esclarecer em nossos estudos da palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, que não só a contém, mas ela é a própria palavra de Deus (João 5: 39 e 40).

Cremos que as pessoas assim nascidas fazem parte do corpo de Cristo (I Coríntios 12: 27), formando a Igreja (Colossense 1: 24), e somos todos irmãos (Mateus 23: 8 ) porque temos um mesmo nome de batismo – Jesus – o qual é nosso pai, e somos co-herdeiros com Cristo (Romanos 8: 17).

Cremos que as igrejas são locais, não existindo um ministério central, ou que exista submissão de um pastor para outro pastor, mas que todos são igualmente responsáveis em ministrar o Evangelho (Tito 1: 5), e cada cidade tem o seu próprio ministério formado pelos pastores, doutores, profetas, evangelistas, e demais membros da Igreja (Efésios 4: 11).

Cremos que o templo do Espírito Santo, ou seja, de Deus porque Deus é espírito e é santo, e também porque não existem dois Espíritos Santos, mas unicamente o Pai, é o nosso próprio corpo (I Coríntios 3: 16), por isso devemos andar sempre em santidade e honra.

Cremos, portanto, que existe um só Deus, o qual habitou plenamente em Cristo (II Coríntios 5: 19), e por isso batizamos invocando o nome que é sobre todos os nomes, aquele que é a pedra de esquina – JESUS – o qual é o nome do Pai e do Filho, sendo o Espírito Santo o próprio Pai.

Cremos nos dons espirituais (I Coríntios 12: 4); na ressurreição dos salvos que estão mortos, a qual se dará no último dia (I Tessalonicenses 4: 16); no cumprimento da ordenança da ceia com pão asmo e mosto (Mateus 26: 26); no lava-pés após a ceia (João 13: 4); no véu para as irmãs quando orarem ou profetizarem (I Coríntios 11: 6); que a grande tribulação será antes do arrebatamento (Apocalipse 3: 10), e também neste (Marcos 13: 27), o qual nos levará ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com Cristo Jesus, nosso Salvador.

A salvação é dada gratuitamente pela fé, e não vem das obras da lei, mas das obras da fé (Efésios 2: 8 e 9), porque a fé sem obras é morta (Tiago 2: 20 ao 26), por isso vemos o antigo conserto (a Lei e os profetas) como apenas sombra do corpo de Cristo (Colossenses 2: 16 e 17), e nós fazemos parte deste glorioso corpo quando O aceitamos.

Quanto a estas coisas e aos demais fundamentos de nossa fé, visto que citamos apenas alguns versículos nesta introdução, leia nossos estudos a respeito de cada uma de nossas crenças, e o faça sempre em oração.

Que Deus vos abençoe e ilumine, revelando a Sua bendita vontade a todos. Amém. Maranata. Ora, vem Senhor Jesus. Amém e amém.